Blog Artigos e Podcast

Um Mensageiro de Luz e Amor Irdhi-Humi

A presente Obra pertence à inspiração de Irdhi-Humi, uma irradiação do Sexto Raio.                                                    
Todo ser humano que nutre anseios ardorosos pela iniciação, sente-se atraído incondicionalmente para os ensinamentos do Sexto Raio.
Mensageiro da Hoste Unificada de Mestres Imateriais, Irdhi nos conduz através desta força citada, ao primeiro processo da iniciação, ou seja, o degrau da aspiração superior.
Com a Sua forma bondosa e despretensiosa, sem jamais utilizar uma vibração mais contudente, Irdhi nos prepara para o Quarto Raio, inspirando-nos a harmonia, a mansidão, a doçura e a não-resistência como arma poderosa para vencer o caos, o conflito e os choques da personalidade; porém, nada transmite que nos leve à indiferença, acomodação e indolência.
O estudo dos Seus ensinamentos gera um ardoroso anseio de transcender a nossa natureza inferior.
A Sua obra bem poderia ter apenas um título: Iniciação... poderíamos lhe dar outro título: Os Dez Caminhos para Deus...
—Um caminho leva à Iniciação e dez caminhos levam à Deus... nenhum caminho é possível sem redenção; os caminhos são para redimir a Alma e a iniciação é para transmutar o Ser, mas apenas no despertar da Divindade Interior, é possível a ascensão. Irdhi fala para redimir Almas, desafiar grandes transformações e despertar a Divina Presença: redenção, transmutação e ascensão.
Quando ondas suaves de serena contemplação visitarem o seu coração; quando você estiver tecendo pensamentos luminosos em favor de alguém; quando você contemplar as estrelas e ouvir enternecida a voz que contempla a majestade da Creação, exclamando bem no íntimo de sua Alma "Pai!" — quando você estiver à mesa de refeições e um sentimento de reverência e gratidão assomarem na mente; quando estiver zeloso à cabeceira de um enfermo intercedendo da forma que puder; quando a sua atitude for serena diante da alegria ou da tristeza, do feio e do belo, doce ou amargo; quando o permanente sentimento de gratidão for a sua oração de todas as horas; quando estiver à sós em sua labuta diária e de repente chegar uma onda de amor, de conforto espiritual e a sua emoção se voltar para a Divindade oculta do seu Ser... é porque um Mensageiro de Luz e Amor fez contato com a sua Luz de Deus, que vibra igualmente e reflui para a personalidade o Chamado do Alto.
Irdhi nos traz um chamado assim; visita-nos o *Templo e nos chama.

*Templo: forma simbólica de se referir ao corpo tridimensional, templo da Alma, depositária da Centelha Divina.
Um chamado ardente, amoroso, cujo amor não sabemos resistir.
Nasce a aspiração superior, porque o anseio espiritual assemelha-se a uma fonte, que vertendo água, esta cresce e forma um grande rio e corre sem resistência, formando lagos, corredeiras e cascatas, até encontrar o oceano.
Irdhi nos traz um chamado assim, ensinando-nos a ser a fonte que canta, o rio que corre, o lago sereno, a cascata que oferece beleza, e o apogeu do encontro com o nosso Eu Superior em unidade com o Eu Universal.
—Quanta coisa inútil e feia tem no mundo!
Exclama o vivente no mundo das formas.
Vem Ele então e fala: — "Forma é ilusão... Irdhi diz para Filho: primeiro vamos aprender a conhecer Grande Ilusão Cósmica, que é toda Creação de matéria densa. Depois Irdhi ensina como toda forma vai sumindo, até que se acaba o encantamento e mágica vai apagando formas; tudo se converte em energia inteligente, cuja última forma é Luz; Irdhi não sente fome, sede, frio, calor, desejo, solidão, nem sofre sentindo falta de alguém ou de algo; não tem corpo para vestir e cuidar, não tem nada que limite movimentos de Irdhi... por quê?
Porque Irdhi venceu Grande Ilusão e pode voar mais rápido que um raio, tão rápido quanto a Luz, e nunca se sente só, porque tem eternamente a companhia da Grande Unidade. Assim, Irdhi está agora com todos e todos estão com Irdhi e somos um só corpo. Filho fala:
— " Como pode um vivente tolo gerado na Terra feito Irdhi e tão insignificante, gozar hoje destas excelsas companhias, e ainda inspirar viventes cegos e iludidos, de modo que possam enxergar além de Grande Ilusão"?
— Então Irdhi responde Filho: Nosso Pai tudo pode, porque na Terra não viveu um mais tolo e cego do que Irdhi... e se agora é uma Luz que fala convosco, quanto mais não sereis todos vós, já tão adiantados na *Aurora. Também Irdhi viveu assombrado pelos fantasmas dos fracassos de toda ordem, das tolices sem conta, dos desejos mais temíveis... e hoje Irdhi é Luz, Mensageiro de Unidade, que habita Quinta Dimensão.
*Aurora: despertar da Sexta Raça, semente embrionária de uma raça do futuro.

Sempre foi tarefa de Hierarquia, instalar *bases em todo lugar, sermos confundidos com civilizações de outros planetas, porque temos de projetar formas nas dimensões possuidoras de formas; Luzes de Deus estão indo daqui para vós na Aurora de uma nova raça.
* Bases — Ele se refere à base em Antares; no plano sutil de matéria fina de Antares, localiza-se a base onde os Instrutores Humi operam. Existem outras bases, muitas outras.
Então, Pai de Aurora vibra e irradia: — "Irdhi, tens de ir buscar Meus Filhos... e é por isso que Irdhi está aqui, em nome de Pai... ensinar volta pra casa".
Irdhi-Humi teve três encarnações na Índia, uma das quais, ele se torna eremita no Tibete, com o próprio nome de Irdhi, seu nome cósmico. Encarnou-se também na Palestina, onde serviu Jesus como João Evangelista e também serviu Buda. Como monge tibetano, era na verdade hindú; realizava curas físicas; fez isso durante muito tempo, mas um dia, ficou entristecido com as curas físicas que realizava, dizendo:

 

—"Só procuram Irdhi para fazer cura física, como se bastasse para vivente encontrar sua meta mais abrangente. Irdhi triste por causa disso... essa não é missão de Irdhi. Irdhi quer curar almas, fazer despontar Divindade em cada um. Isto, sim, é missão de Irdhi. É isso que Divindade pede para todo aquele que trilha sendeiro da chama. Vivente tem de comprovar que Divindade habita seu templo de carne.
Uma comprovação desse nível só acontece quando discípulo cala sua mente, seus desejos e se deixa absorver pela calma, fazendo cessar toda agitação. Vivente ainda não sabe que voracidade de seus desejos, ambições, gostos e vontades, levados ao limite extremo, escapa de controle racional, tornando-se um mero joguete e escravo de prazeres que, em absoluto, não vão levar a lugar nenhum... ou melhor, sempre leva aos piores lugares: doença, fracassos, vida sem sentido... então, quando vida perde sentido, tudo que vivente faz é para sua autodestruição.
Quando corpo de vivente assim, se acha carcomido e arruinado por excessos sem conta, então, Irdhi serve para curar. Mas Irdhi não vale uma tigela de sopa, porque tem sido incapaz de curar almas dessa ignorância atroz, porque desse jeito, só tem alimentado ignorância de todos aqueles a quem curou. Que teria sido preferível, ó Divindade? Irdhi muito tolo, pensava estar fazendo caridade, e quando viu, estava alimentando e fortalecendo indolência e vícios de materialidade. Se Irdhi não vale nada mesmo, Divindade, continuai enviando doentes... mas se Irdhi presta para alguma coisa, enviai os que querem curar sua alma".

0.0
Última modificação: 25 junho 2015 12:29
Artigos Relacionados: Oração de Nilsa Alarcon - Que o divino amor perfume a sua vida e te defenda de todos os males Irdhi-Humi 6° Raio Os Mensageiros Mestres INTRODUÇÃO - O Painel do Amor Mensagem de Amor dos Mestres A Mensagem de Irdhi-Humi O AMOR É UM ESTADO
humi Irdhi
+ Destá Categoria

Descubra seu Anjo

Novo
descubra_seu_anjo

Últimos Twitter

Siga-nos