fbpx

  • Tipo:
  • Gênero:
  • Duração:
  • Classificação média:

Reflexão e Meditação controle de Preocupações e Tensões

  • Faça a primeira colaboração
  • 2021
Play
Compartilhar

Neste encontro terapêutico, iremos trabalhar as PREOCUPAÇÕES e os PROBLEMAS

É normal que ocorra a tendência a nos preocuparmos, isso é um dos muitos mecanismos que nos auxiliam na difícil tarefa da sobrevivência. Preocupar-nos com boa alimentação, abrigo, segurança, higiene, entre outras coisas, é justamente o que nos mantém vivos. Se nós começamos a relaxar demais conosco, nosso corpo vai adoecendo, nossas relações interpessoais e interpessoais vão se desgastando, nosso emocional se desequilibra. Então o mecanismo de preocupação é essencial, mas só até certo ponto.

A partir do momento em que eu me condiciono mentalmente a sempre me remeter a esse estado de preocupação, de maneira tal que ele começa a me perturbar, me fazer mal, então está ocorrendo um desequilíbrio, porque a preocupação é uma FERRAMENTA, ela não pode agir como se fosse o OPERADOR. Assim como o medo, que pode se transformar em uma fobia e anular a vida das pessoas, a preocupação também pode ficar tão imensamente distorcida que nós acabamos por estar em perpétuo estado de ansiedade, tentando antecipar o que está por vir gerando em nossa mente uma série de simulações de como essas situações antecipadas ocorrerão.
Se você não está numa situação em que você tenha que prever o máximo possível os acontecimentos e suas possibilidades, pra quê ficar se torturando?

Nós, como seres viventes, não somos resumidos a uma armadura de carne e osso, que é o nosso veículo físico. Nem mesmo por nosso intelecto, nosso emocional ou nosso espírito. Tudo isso é um aglomerado de ferramentas (sejam ferramentas de manifestação, como nossos corpos, ou ferramentas de percepção, como a nossa mente, imaginação, intelecto), e há algo que move essas ferramentas e faz com que nós nos manifestemos.
Não é difícil observar isso ao longo de um dia comum: gastamos energia ao andar, falar, respirar, etc. O que nós não costumamos perceber é que também usamos desta Força para pensar, sentir, imaginar.

Em uma situação normal (saudável) nós nos cansamos ao longo do dia, repomos parte da nossa energia através da alimentação e parte através do descanso, mas uma mente condicionada a trabalhar sem parar não nos deixa descansar plenamente como necessitamos, e por isso as pessoas com a mente e o emocional desequilibrados estão sempre mais cansadas, esgotadas, estressadas. Parte daquela Força Motriz que deveria estar sendo usada para regenerar os nossos corpos (densos e sutis) está sendo desviada.
Por mais que essas preocupações encontrem justificativa (como nas finanças, saúde, etc), nos entregarmos a elas é um erro tremendo! Elas avisam que algo não vai como o planejado, mas é só isso.

Ao invés de nos entregarmos a essas preocupações, nós devemos aprender o que fazer com elas.

A partir do momento que eu percebi a preocupação se manifestar em mim, eu tenho que me esforçar tanto quanto possível para aceita-la (pois negá-la só iria fazer com que ela adquirisse mais força pela pressão que ela acumularia ao não ser expressada adequadamente), e depois de aceita-la, observá-la atenciosamente.

É possível resolver esse problema? Se sim, então não há motivos para me preocupar, porque é possível resolvê-lo (ainda que seja difícil), se não for possível, então também não há motivos para me preocupar, porque não há como resolvê-lo.

Vamos trabalhar o nosso lado possessivo e controlador. Em realidade, nada está sob controle total. Controle é ilusório.

Colaboração

Não há comentários de Reflexão e Meditação controle de Preocupações e Tensões
Faça a primeira colaboração

Comentários para Reflexão e Meditação controle de Preocupações e Tensões

No momento não existem comentários para Reflexão e Meditação controle de Preocupações e Tensões
Role para cima